Espaço Cultural Digital – Música

Olá, seja muito bem vindo ao meu Espaço Cultural Digital.

Meu nome é Junior, tenho 37 anos, casado, pai do Neto de 3 aninhos, sou de São Paulo e eu gosto muito de música, filmes, séries, futebol, gastronomia, novidades digitais, cultura nerd, entre outras coisas…

Vou falar muito sobre esses tópicos citados acima e eu espero que você goste do conteúdo que mostrarei nesse espaço.

Após essa minha breve apresentação inicial, que tal começar falando de musica?

A música é uma manifestação artística e cultural de pessoas, ao redor do mundo, e estima-se que as primeiras manifestações musicas tenham sido no continente africano há mais de 50 mil anos.

É um veículo usado para expressar os sentimentos.

A música evoluiu demais através dos séculos, e hoje conta com uma variedade enorme de gêneros e subgêneros e estilos diferentes.
Hoje o estilo musical que mais me agrada é o Rock.

rock and roll cultural

 

O Rock’n Roll

O Rock and Roll quando surgiu era considerado um ritmo alegre, dançante e contagiante ao mesmo tempo que também era visto por muitos como um gesto de atitude e rebeldia da juventude da época.

Essa juventude foram os primeiros a serem atingidos por essa revolução sonora chamada Rock ‘n Roll e o Rock acaba se firmando como um ritmo musical ditador de comportamentos e canalizador de idéias contestatórias frente a insatisfação com o sistema cultural, educacional e político no mundo inteiro.

A primeira geração de roqueiros clássicos que explodiram no mundo todo, no começo dos anos 50, foram Fats Domino, Bill Haley, Chucky Berry e Little Richard.

E Também nessa mesma época surgia ele, considerado “O Rei do Rock”, Elvis Presley!

Ao final de sua carreira Elvis Presley emplacou 107 músicas que fizeram muito sucesso, enquanto os Beatles emplacou menos da metade, foram 48 canções que fizeram muito sucesso.

Por isso Elvis Presley é considerado ainda hoje o “Rei do Rock”.

elvis rei do rock

Esse título de Rei também se deve ao fato de ter sido ele quem solidificou o Rock como um estilo de musica popular e para a juventude da época ele também era um símbolo de rebeldia, sexualidade e vitalidade.

Elvis Presley também foi ator, e em 1957 era lançado nos cinemas o filme “Jailhouse Rock”, e a música tema do filme também intitulada “Jailhouse Rock”, foi transformada em videoclipe a partir de cenas editadas do filme transformando-se assim no primeiro videoclipe da história do rock.
Veja o Videoclipe abaixo.

Demais, não é mesmo?

A Paixão pelo Vinil

E junto com essa minha admiração pelo rock, veio também a paixão por colecionar discos de vinil, popularmente conhecido como LP (Long Play), foi uma mídia criada no final dos anos 40 para reprodução musical.

vinil aparelho

É fabricado com um material plástico chamado Vinil, geralmente feito de PVC, normalmente na cor preta e nele é registrado arquivos de áudio que são reproduzidos em um aparelho chamado toca-discos.

O primeiro disco de Vinil que eu ganhei, foi na infância, devia ter uns 6 anos de idade e era da Turma do Balão Mágico, que era uma banda infantil de muito sucesso, formada por crianças, nos anos 80.

Foi o início de uma paixão inexplicável.

Em toda época de festas, tipo, Natal, Aniversário, Dia das Crianças, eu sempre pedia algum disco de presente para meus pais.

O tempo foi passando e meu gosto musical foi tendendo para o Rock, os outros gêneros não me agradavam. Como Pagode, Axé, Sertanejo. Eu odiava.

Meu primeiro vinil de Rock, ganhei com meus 15 anos e foi do Rei, Elvis Presley.

Conforme o tempo foi passando o vinil saiu de linha, dando lugar ao CD (Compact Disc). Foi horrível pra mim quando em meados dos anos 90, anunciaram o fim do vinil.

Minha coleção, juntamente com minha paixão pelo Vinil ficou adormecida durante anos. Até que recentemente, para minha alegria, anunciaram o retorno do vinil.

E muitas bandas que gosto, relançaram em Vinil, os CDs gravados durante essa época que não fabricaram o vinil.

Mas aqui no Brasil era e ainda é muito difícil encontrar discos dessa época, que foram relançados, ou até mesmo os mais antigos dos anos 60,70 e 80.

E quando encontrava aqui no Brasil, muitos eram um absurdo de caro ou estavam em péssima qualidade.

Comecei então, a pesquisar sobre discos importados e eu vi que fora do Brasil, tinha muito disco que eu não tinha, muitos que eu gostaria de ter, e o melhor, por um preço justo.

Pedi ajuda à minha esposa, pois devido ao trabalho, não tinha muito tempo para pesquisar sobre importação, então ela começou a pesquisar pra mim sobre o assunto.

Até que ela encontrou um curso na internet, que ensinava a importar, de forma simples e prática, o nome desse curso era Cegonha Importadora.

Um treinamento online exclusivo para mamães, que ensinava a importar roupas, brinquedos e acessórios para bebês e Crianças.

Como temos um filho pequeno, 3 anos, caiu como uma luva, minha esposa ficou empolgadíssima com esse curso, com a possibilidade de economizar e comprar produtos originais, por um preço justo.

Gostaríamos de ter descoberto esse curso antes, enquanto montávamos o enxoval do bebê, teríamos economizado muito.

Como ela estava desempregada, acabei comprando esse curso e dando pra ela fazer.

Fazendo o curso ela descobriu que poderia importar qualquer coisa, e não somente produtos para crianças.

Acabei pedindo pra ela procurar pra mim um toca discos primeiramente, pois o meu estava bem velho já. Até que ela encontrou essa belezinha aqui. (Veja imagem abaixo)

queen toca discos

 

Minha esposa comprou e pagou em torno de 500 dólares. Aqui no Brasil, quando ela comprou, não tinha pra vender.

Apareceu por aqui 1 ano depois, mas somente importado. Ou seja, o preço era absurdo, pois o vendedor vendia por um preço bem acima, para obter seu lucro.

Sendo que com esse curso, minha esposa mesma pode importar, fazendo com que economizássemos muito.

Cerca de uns 2 meses depois, pedi pra ela comprar uma coleção de vinil, também do Queen, ela pagou em torno de 350 dólares e aqui no Brasil, também é encontrado somente importado, com o preço nas alturas, claro. Custa em torno de 3 mil reais também. Olha só que diferença.

queen vinil coleção

 

Como amante e colecionador de vinil, esse curso de importação está sendo maravilhoso pra mim. Só compro vinil importado agora.

Espero que você tenha gostado do post e em breve trarei mais novidades, que você só vai encontrar aqui no meu Espaço Cultural Digital.

Muito obrigado pela atenção.

Um grande abraço e até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *