SABADO 9 JUL :: FILARMÔNICA DE PASÁRGADA + MAMPARRA @SERRALHERIA

ABERTURA DA CASA 22H
SHOW MAMPARRA 23H / PASÁRGADA 0H
INGRESSOS $25 PORTA – $20 ANTECIPADO

Mamparra-Filarmonica Poster

FILARMÔNICA DE PASÁRGADA
A banda paulistana Filarmônica de Pasárgada lança seu segundo CD, Rádio Lixão, pelo selo Coaxo do Sapo de Guilherme Arantes, com produção musical de Alê Siqueira (Tribalistas, Tom Zé, Maria Bethânia), projeto gráfico de
Guto Lacaz e participações especiais de Tom Zé, Guilherme Arantes, Kassin e Tatá Aeroplano. O CD contou com apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC), edital da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. A Filarmônica de Pasárgada foi formada em 2008 por alunos do curso de música da ECA-USP.

Em 2013, o grupo lançou seu primeiro disco O hábito da força, também produzido por Alê Siqueira e com participações de Ná Ozzetti e Luiz Tatit. A banda participou da gravação do EP Tribunal do Feicebuqui (juntamente com Emicida, Trupe Chá de Boldo, O Terno e Tatá Aeroplano) e do CD Vira Lata na Via Láctea, ambos do compositor Tom Zé. Foi vencedor da 17ª edição do Programa Nascente da USP, do I Festival da Canção da UNICAMP e do 41º Festival Nacional da Canção (FENAC-MG) com a canção “O seu tipo”. A banda foi premiada em
importantes festivais da canção como Festival Botucanto, FAMPOP, Festival de MPB do Conservatório de Tatuí e Festival de Música da Ilha Grande-RJ.

MAMPARRA
Mamparra completa quatro anos em 2016 e lançará seu primeiro álbum no segundo semestre, após ter lançado um EP em 2013 gravado e lançado no Museu da Imagem e do Som (MIS-SP), contemplados pelo edital LabMIS Estúdio de Som. A banda executa canções autorais influenciadas pela vanguarda paulista (Itamar, Arrigo, Rumo), pela tropicália (Gil, Mutantes) e por bandas como Karnak, Mamonas, Novos Baianos. As músicas tratam temas urbanos cotidianos e filosóficos com humor e ironia, abrangendo desde programas de auditórios e sucessos populares da infância a considerações políticas e consuetudinárias.

O grupo já se apresentou na capital paulista em casas como Serralheria, Casa do Mancha, Puxadinho da Praça, Zé Presidente, Urucum, Centro Cultural Rio Verde, Sensorial Discos, Festival do Cão (ECA-USP), Virada Sustentável 2015 (Parque Cemucam) Instituto de Artes da UNESP, e no interior do estado no FEIA (Festival do Instituto de Artes da Unicamp), no EREA São Carlos e Festival Flaskô (Sumaré), Festival Transcendência (Assis), dentre outros. Seus integrantes são Gustavo Araujo Borges (vocal, guitarra), Maiana Monteiro (vocal), Felippe Rodrigues (vocal, bateria), Guilherme Mingroni (vocal, baixo) e Foca (trompete).

 

 

Compartilhe!
Facebook Twitter Digg Delicious Stumbleupon Tumblr


Leave a Reply